quinta-feira, 7 de junho de 2018

Um novo Rei ou apenas o retorno da Glória?

Por Julio De Biasi
(Equipe Liga Arena)

O Pro Tour Dominária acabou tem alguns dias e nós com certeza temos um novo rei no formato Padrão, a não ser que você estivesse embaixo de uma pedra, você deve ter visto que o Goblin Lança-correntes esteve em 7 de 8 listas do top8. Pois é, 28 cópias de uma carta, isso sem contar Coração de Kiran, Fenix Reavivante, e claro, montanhas, muitas montanhas.


Fonte: Wizards of the Coast


Esse Goblin causou um reboliço no formato, e você podia estar com ele, ou contra ele, e apesar de ser um torneio com formato misto, é possível ver as listas que mais pontuaram e ver também a presença maciça dele e o que ele impacta.

Antes de mais nada, resistência 1 é um problema. Ter uma curva baixa, e contar que suas criaturas vão sobreviver muito depois do terceiro turno é algo praticamente utópico hoje em dia, e ainda mais se o controlador do Goblin possuir um Mago Escarificador de Almas, haja marcadores -1/-1 para distribuir.

Jogando com ele você precisa ter seus terrenos muito bem preparados para que a chance dele entrar no campo no turno certo seja alta, e não é a toa que o campeão do torneio disse várias vezes que “montanha sempre entra no campo desviradas, e é a melhor base de mana que você pode ter”.

E como então as pessoas se prepararam para enfrentar essa ameaça? Bom, alguns trouxeram suas listas com Teferi, Herói de Dominária e Assentar nos Destroços, outros trouxeram a experiência do Deus Escaravelho em um Esper, que era um UB Control disfarçado para poder utilizar do poderoso planeswalker, e outros, bom, outros trouxeram algumas coisas bem interessantes.

A lista do famoso Obama, Marcos Paulo de Jesus Freitas com um GW Benalia que garantiu a ele o convite para o próximo PT com 11-5 (21 pontos na porção Standard):

26 Terrenos
Forest
Plains
16 Criaturas
4 Instantâneas e Feitiços
14 Outras Mágicas
SIDEBOARD

Ou até mesmo essa lista de Dominik Prošek, com 24 pontos, trazendo o BG para um nível diferente, tentando fazer Ghalta o mais rápido possível com a ajuda de Coração de Kiran e Khenra Resiliente, e ainda tinha o barco, Skysovereign, Consul Flagship que é uma resposta a quantidade enorme de Teferi aparecendo por ai. 

22 Terrenos
Forest
27 Criaturas
7 Instantâneas e Feitiços
4 Outras Mágicas


SIDEBOARD
2  Negate
É claro que eu não podia deixar de falar da minha lista favorita, que ainda que eu me impressione com a base de mana imperfeita, pelo menos na minha mão! Haha, essa lista de Esper Control que foi a única lista que não tinha 4 Goblin Lança Correntes no top8.


26 Terrenos
4 Island
1 Plains
4 Swamp
6 Criaturas
25 Instantâneas e Feitiços
2 Censor
3 Outras Mágicas
SIDEBOARD
1  Cast Down
3  Duress
4  Negate


Ernest Lim Pei Jim pilotou essa lista como ninguém, e vale lembrar que junto com o Bertu, fechou o primeiro dia do Pro Tour com 8 vitórias e 0 derrotas, isso mesmo, os dois ficaram em segundo e primeiro lugar nos standings no final do primeiro dia!

A lista tem suas imperfeições, o Settle the Wreckage no Sideboard é praticamente impossível de conjurar até o turno 6 ou 7, chamem seus Frank Karsten para fazer a conta, mas é uma lista que eu vejo fazer frente ao que tem surgido por ai, tirando o azar, ou sorte do Gonçalo Pinto, nas quartas de finais, acredito que veremos mais dessa lista daqui para frente.

E claro, para finalizar, não tinha como não falar da lista do Campeão da bagaça toda, Waytt Darby:




Fonte: Wizards of the Coast

O campeão falou que a lista é boa pois todos seus terrenos entram em jogo desvirados, e você não corre o risco de ficar “sem a segunda cor”, ahhh, ele também falou que o mesmo com uma quantidade de bichos com resistência 1 elevado, o risco vale a pena, pois a ideia é colocar pressão o quanto antes, e as Khenra Abala Terra ainda podem voltar do cemitério para finalizar o jogo, ainda mais se for junto com um Glorybringer vindo do topo do grimório! =P




Nenhum comentário:

Postar um comentário