quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Prototype Primal Amulet Deck


Prototype Primal Amulet Deck

Fala galera linda que desta liga
Quem vos fala é o Aloyr, o “mago do tempo” como andam me chamando por aí.

Primeiramente vou fazer meu jabá de sempre... Entrem no meu canal e deem uma conferida: AQUI

Apreciem este canal com moderação (ou sem) e fiquem espertos que logo logo ele passará por uma boa reforma e vocês verão mudanças míticas no mesmo.

Agora vamos ao que interessa.

Primeiramente tenho que dizer que IXALAN foi uma deliciosa surpresa para mim.

Isto porque apesar de eu gostar muito de dinossauros (e inclusive tenho a coleção completa das figurinhas do chocolate surpresa), eu realmente duvidei que uma temática que envolvam piratas e dinossauros poderia dar certo.

Na verdade ainda tenho medo que apareça umas naves espaciais e vire algo como Dinosaucers (essa referencia é só para os dinossauros de plantão), mas pelo menos as cartas desta edição tem um gosto de nostalgia. Tem ícones antigos levemente mudados para encantamentos e artefatos que se transformam em terrenos (como berço de géia).

Em segundo, esta edição com certeza vai mudar muito a cara das coisas que estão hoje aí. Cartas como OPT e as próprias permanentes que viram terreno podem mudar muito a face do magic competitivo hoje, e realmente espero muito que isso aconteça.

E aproveitando a onda de mitigar novos decks, gostaria de ter o prazer de compartilhar uma build que estou namorando faz tempo, desde que seu spoiler foi lançado: O deck

Primal Amulet.

A aposta

Talvez vocês devam estar se perguntando o porque escolhi esta carta para se basear um deck.

Bem, para quem joga a algum tempo, deve se lembrar, especificamente em origins, de uma deck que girava em torno de uma carta: Óculos da Piromante.

Este deck consistia em fazer mágicas duplicadas e ter tanta vantagem com elas que era impossível o oponente competir em recursos pelo controle do jogo.

Agora temos basicamente uma carta que propõe fazer a mesma coisa em seu segundo efeito por uma mana a menos, e sem tem o efeito negativo de ser lendária e nem a restrição de apenas máquinas vermelhas.

Agora, adicione esta ideia com uma quantidade de magias com potencial de combater o formato e teremos uma boa aposta de como este deck tem potencial.

Cartas essenciais

Primal Amulet

Essencial, até o porque gira em torno desta carta. O objetivo é fazer 3 mágicas e tornar este artefato terreno o mais rápido o possível

Opt

Absolutamente essencial. Uma mágica instantânea de 1 mana que ajuda a buscar um recurso ou mesmo buscar o Amulet

Uma mágica que causa 3 de dano por 2 manas. Tem o alto potencial de finalizar o jogo e também de ser uma boa remoção. Vale lembrar ainda que esta carta vira um raio quando estamos com o amulet na mesa.

Um counter com reciclar, e este simples ponto ja tornou uma das cartas favoritas para quem joga de decks de controle. Agora imagina poder transformar censor em acúleo de força? Legal né?

Sim, eu sei que Magma Spray é melhor, mas infelizmente magma não pode dar alvo no jogador, e isto não colabora muito em termos de cópia. Talvez o número certo desta carta não seja 4 e talvez intercale com algumas cópias do magma dependendo do metagame.

Esta deve ser das cartas que eu mais gosto neste deck. O potencial dela é absurdo. Ela filtra seu deck, alimenta o cemitério para o gearhulk e quando ela se transforma, pode te dar o recurso que te faltava no jogo sem precisar gastar qualquer carta para isto. É muito sinérgica e por isso creio ser imprescindível.

Eu realmente não sei se devia colocar esta carta como essencial, simplesmente porque ela não tem a devida sinergia com o amutet. Porém, o potencial de aproveitar cartas do cemitério não pode simplesmente ser ignorado

O Deck


A partir da premissa e das cartas acima, devemos pensar em como aproveitar o melhor da mecânica apresentada.
Eu como gosto bastante de energy de kaladesh, vou partir para montar um deck que aproveite o melhor das duas coisas.
Montei um protótipo de deck que postarei abaixo. Muito provavelmente terá mudanças baseada no metagame, então não se apeguem tanto na constituição do deck, e sim na sua mecânica ok?




E é isso ae.
Espero muito que tenham gostado deste artigo.

Até a próxima pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário