terça-feira, 12 de setembro de 2017

Trincheiras do Commander - Atualizações de Ixalan


BOMMM DIIIAAAA VIIIEETINÃÃÃ!!! Boa Noite galera !!! após escapar das garras de dinossauros, me esconder dos sugadores de sangue, fugir de piratas, e evitar os tritões, estou de volta com a segunda parte do artigo sobre Ixalan, e conforme prometido, dessa vez vou falar de cartas para o nosso Commander Multiplayer, mas que são boas de maneira geral e não só para os tribais, embora eu ainda tenha separado 2 cartas tribais, que não consegui evitar de falar.

Não viu a Primeira Parte? confira...

Então vamos as cartas...



Esse encantamento de apenas 2 manas, sendo 1W, capaz de parar muitos decks, pois em sua primeira habilidade diz que jogadores não podem conjurar magicas ou habilidade de cartas em cemitério; já na segunda habilidade, sempre que uma criatura morre você ganha 1 ponto de vida, ajudando a ter uma sobrevida após remoções globais ou trocas de criaturas.

Já que estamos falando em ganhar vida...


É incrível principalmente para decks que tenham o objetivo de ganhar vida, como Karlov e Ayli, já que pelo custo de XWW essa mágica instantânea, faz você ganhar 2 vezes X de vida, combinando muito bem com Poço dos Sonhos Perdidos / Well of Lost Dreams, assim você ganha vida e compra cartas, e a melhor parte, é que o Sacramento Sanguíneo volta para o fundo do seu deck e assim você tem a chance de em algum momento o conjurar ele novamente




Essa mágica instantânea é tão útil quanto perigosa, pois você pode acabar com grandes exércitos e remover muitas criaturas do seu oponente, porém assim como em Path to exile, esse oponente pode procurar por um card de terreno básico e colocar em jogo, ou seja no próximo turno ele vai ter muitas manas disponíveis e uma sede de vingança gigantesca.

Esse é um dos novos “counters“ mais interessantes, lembrando muito, mas muiiito de longe, Mana Drain, com um custo maior, porém decks como Baral e Árbitro-Mor Agostinho IV não sentem tanto esse peso já que eles reduzem o custo da sua mágica, e quando você anular a magica, ainda gera fichas de tesouro igual ao custo da magica que anulou, e essas fichas tem habilidade de virar, sacrificar e adicionar uma mana de qualquer cor a sua reserva, ou seja ela anula, e ainda te deixa com mana para usar no próximo turno ou próxima mágica de anulação.

Por falar em geradores de mana esse encantamento encaixa muito bem com a temática de artefatos que a galera costuma usar para construir decks de Trigêmeas Sen, pois sempre que uma criatura de um oponente morre você cria uma ficha de tesouro, facilitando para conjurar cartas das mãos dos seus oponentes já que os tesouros geram mana de qualquer cor, e ela ainda te dá a chance de ganhar o jogo por controlar 10 ou mais artefatos.

Sei que desprezo de Vraska não é a melhor das remoções pretas, porém é uma das poucas remoções instantâneas que não impõe condições como Doom Blade ou Atacar na Jugular, e ainda pode matar um planeswalker, “ai você me pergunta: E Hero’s Downfall?” bom Hero’s Downfalll, faz isso e custa uma mana a menos, porém ela não faz nada contra criaturas indestrutíveis, e Desprezo de Vraska resolve essas criaturas, por isso meus amigo, eu usaria as 2 nos meus decks

Sei que falei que não nesse artigo não falaria de tribais, porém é impossível não olhar para essa prole de Edgar Markov, pois com essa belezinha em campo, toda vez que um vampiro ataca, cada oponente perde 1 ponto de vida e você ganha um, ou seja isso em um deck cheio de vampiros te garante muitos pontos de vida e vai tirando pouco a pouco a vida de seus oponentes, pois imagine uma mesa padrão com 4 jogadores, e você ataca com 2 vampiros 1/1, cada oponente vai perder 2 pontos de vida e você vai ganhar 6 pontos de vida, isso foi um cenário bem simplista já que o deck de Edgar Markov cria verdadeiras hordas de vampiros.



Apesar de ter um custo alto, esse encantamento de 5R, é muito bem vindo em decks como Mizzix, e com habilidades de cascata agradecem, pois sempre que você conjurar uma mágica de sua mão, você revela X cards do topo do seu grimório, sendo X o custo daquela mágica, e você pode conjurar um card revelado dessa forma com custo de mana convertido X ou menos sem pagar o custo, e depois coloque o restante dos cards no fundo do seu grimório, ou seja fez uma mágica faz 2, assim você acelera o seu jogo pois com gastando uma carta da mão você faz outra do deck.




Outra carta vermelha com um alto custo, 5RR mas com esse nome e essa arte, não tem como deixar de fora, é uma remoção global para criaturas e planeswalker, pois ela causa 20 pontos de dano em cada criatura e cada planeswalker, acho impossível algo que não tenha indestrutível sobreviver         



Ah !!! como não gostar dessa capitã rindo a toa, mas que vai rir a toa é você, pois essa criaturinha custa só 2R tem ímpeto, e toda vez que ataca, cria uma ficha de tesouro para ajudar a acelerar o seu jogo, além disso ela ainda recebe +1/0 até o final do turno, toda vez que você sacrificar um tesouro


É um encantamento muito interessante para tribais e não tribais, ajudando você a repor criaturas, já que toda vez que uma criatura que você controla for alvo de uma mágica ou habilidade controlada por um oponente, você pode comprar uma carta, o que faz com que esse encantamento realmente seja interessante é o fato de custar apenas G.

Já que estamos falando em comprar cartas no verde, não poderia deixar passar esse dino lindo, que custa 2GG é 4/5 ou seja tem um bom corpo, e toda vez que ele sobre dano você compra um card, fazendo com que toda vez que ele ataque o seu oponente entre em um dilema, ele vai pensar, tomo 4 de dano, ou bloquei e te dou um draw? Ele além de exercer pressão ainda te possibilita repor a mão

Apesar de Ayli ser mais interessante ainda assim vale a pena em decks especializados em ganhar vida pois você tem uma criatura com vigilância e vinculo com a vida 4/4, e ainda conta com a habilidade de virar e pagar 7 pontos de vida e destruir uma permanente que não seja terreno, facilitando a remoção de criaturas, artefatos encantamentos e planeswalker que seus oponentes controlem, esses 7 pontos de vida de seu custo acabam não sendo tão relevantes, já que ela tem vínculo com a vida e assim você tem a chance de ganhar 4 pontos de vida e ainda assim fazer sua habilidade, já que Vona, também tem vigilância.


Ixalan trouxe uma coleção incrível de cartas que se transformam em terrenos, e o maior destaque vai para ciclo de encantamentos, vejam só que lindos que eles são



Acredito que para o commander é um dos encantamentos mais fortes desse ciclo, Ritos do Crescimento, custa apenas 2G, e quando entra em campo, você olha os 4 cards do topo do seu grimório e revelar um card de criatura e coloca-lo na sua mão, e no inicio da sua etapa final se você controlar 4 ou mais criaturas, ele se transforma em...

Itlimoc, Berço do Sol



Ai sim a coisa fica séria, pois esse terreno é ainda melhor do que berço de géia, pois berço de géia gera apenas um mana para cada criatura que você controla, mas se você ficar sem criaturas, ele não gera mana, já o novo Berço do sol, gera uma mana verde, ou gera uma mana verde para cada criatura que você controla, fazendo com que decks de elfos e que gerem muitas criaturas, ainda mais forte do que já são.



Esse acredito que seja o segundo melhor encantamento do ciclo, com grande chance de jogo em vários formatos, pois custa apenas 1U, e seu texto diz, no inicio de sua manutenção, olhe o card do topo do seu grimório. Você pode coloca-lo em seu cemitério. Em seguida, se houver 7 ou mais cards em seu cemitério você pode transforma-lo em:



Ele pode gerar uma mana azul, e tem uma segunda habilidade, é é pague 2U vire, olhe os 4 cards do topo do seu grimório, você pode revelar um card que não seja criatura e nem terreno e coloca-lo em sua mão, assim você cria uma forma de fazer “card select”, e acelerar o seu jogo pois você aumenta o número de cartas na sua mão, buscando remoções, counters e peças de combos.


Essa é a mais difícil e perigosa para se transformar, porém, mesmo assim ela é muito boa, pois como a maioria dos cards pretos de draw, ela faz com que você perca vida, esse encantamento custa 1B, e tem como primeira habilidade pague 1B, pague 2 pontos de vida: compre um card.

A sua parte perigosa é a sua segunda habilidade, que diz: No inicio da sua manutenção de você tiver 5 ou menos pontos de vida, você pode transformar em:

Templo adiciona uma mana preta, ou vire, sacrifique uma criatura: e você ganha uma quantidade de pontos de vida igual a resistência da criatura sacrificada, nesse ponto você estar[a quase morto em um “mesão”, é bem pouco provável que você ganhe vida o suficiente para se recuperar, mas ela te dá essa chance, quem sabe ela não venha a jogar em outros formatos...

Quando esse encantamento sai, houve um grande alvoroço por parte dos jogadores que estão empolgados com deck de Edgard Markov, porém agora olhando friamente a carta ela não é tão forte assim, embora seja muito boa, não é excepcional, mas vamos ver o que a carta faz; ela custa W e quando entra no campo de batalha crie uma ficha de criatura, branca 1/1 do tipo vampiro com vinculo com a vida, e a sua condição para transformar é: Quando você atacar com três ou mais criaturas, transforme...



Ele gera uma mana branca, e tem habilidade de 2W vire, crie uma ficha de criatura, branca 1/1 do tipo vampiro com vínculo com a vida, parece legal, mas se você for ver que voc~e gasta 4 manas para criar uma ficha 1/1 vinculo com a vida, parece um pouco alto, 4 manas pois além de você pagar 2W você tem que virar ele para habilidade e não gerar mana, com essa mesma quantidade de mana, você conjura Chamado ao Banquete, que cria 3 fichas desses mesmos vampiros.



Ahhh !!! como é linda essa adaga, alguns não gostaram, pois disseram, ah você tem que dar 2 plantas 0/2 defender para um oponente, mas quem diz isso esta pensando no jogo  1X1, e não no mesão, pois no mesão é só você dar essas plantas para o cara que você não vai atacar, esse cara vai até te agradecer, dito isso vamos ao que interessa na carta, ela custa 2 manas incolores, é um equipamento, custa 2 manas incolores para equipar, e a criatura equipada recebe +2/+1, e toda vez que a criatura, equipada causa dano de combate a um jogador, você pode transformar...

Agora sim começa o roubo, pois esse terreno não é lendário, sendo assim, você pode copia-lo com Palco Dramático ou Vesuva, mas por que copiar esse terreno, bom ele é um Lotus Vale, sem a compensação de sacrificar terrenos, Vale Perdido tem habilidade de vira e adiciona 3 manas de qualquer cor a sua reserva, acelerando a sua mana e corrigindo-a.

Apesar de ter um custo de 4 manas incolores, que é um pouco alto, ainda assim é muito bem vindo em decks como Agostinho, Mizzix, e outros decks especialistas em magicas instantâneas e feitiços, pois esse artefato reduz em uma mana incolor o custo dessas magicas, além disso, toda vez que você conjurar uma magica instantânea ou feitiço, coloque um marcador de carga em Amuleto Primal, depois se houver 4 ou mais marcadores, transforme-o em:



Agora sim a coisa fica séria, pois esse terreno NÃO LENDÁRIO, gera uma mana de qualquer cor a sua reserva, e se você usou essa mana para conjurar uma magica instantânea ou feitiço, copie aquela mágica e você poderá escolher novos alvos para aquela cópia, ou seja cada mágica que você fizer será dupla, tipo assim estou fazendo golpedo confisco e pegando sua criatura, opa fiz uma cópia e vou pegar outra,  estou fazendo Revelação da esfinge para 5,  nossa fiz isso 2 vezes vou comprar mais 5, totalizando 10, além dos pontos de vida, talvez alguém diga isso é bom, mas não tão forte, então você faz Maestria Temporal / Temporal Mastery no milagre, e vou ganhar 1 turno extra, só que não, pois eu vou ganhar 2 turnos extras, entendem como isso é forte, além disso ele não é lendário, e caso você consiga a façanha de ter 2 dele em campo, pra cada magica você faz 2 cópias



Bom como disse anteriormente, não resisti e separei algumas poucas cartas para tribais, esse artefato apesar do alto custo 5 manas incolores, vale a pena, pois quando entra em campo você escolhe um tipo de criatura, as criaturas do tipo escolhido recebem +1/+1, melhorando a força de sua tribo, mas o seu valor esta na sua segunda habilidade, pois sabemos que o calcanhar de Aquiles dos tribais são as remoções globais, pois esses decks tem dificuldade em repor as cartas da mão, e é justamente ai que o Estandarte entra, pois toda vez que você conjura uma criatura do tipo escolhido você compra uma carta.

Bom galerinha sei que ficou extenso porém busquei cobrir o máximo de estratégias, buscando boas interações para diversificar e reforçar o nosso commander mesão; ah e nunca se esqueçam...





Nenhum comentário:

Postar um comentário