sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Temos que treinar!! - O que esperar do campeonato mundial???



Bonjour!!

Jão escrevendo aos senhores e senhoritas mais uma vez.

Bem... Esta semana, no dia 18/08 daremos início ao campeonato mundial de Pokémon. Centenas de jogadores embaralhando seus decks para concorrerem ao título de campeão mundial.
Sabemos que o formato vigente desse tormeio será Primal Clash - Burning Shadows. Após a rotação, marcada para 01/09, o formato passa ser Breakthrough - Burning Shadows.
Considerando o mundial, podemos esperar vários decks a aparecer nas streams marcando presença e ganhando partida após partida. Dá uma olhada na listinha:

- Gardevoir GX
- Volcanion EX & Friends
- Golisopod GX
- Metagross GX / Necrozma GX
- Lapras GX
- Tapu Bulu GX / Vikavolt
- Tapu Koko GX / Electrode
- Garbodor & Friends (com Drampa GX ou com Espeon GX)
- Darkrai GX / Darkrai EX
- Decidueye GX / Vileplume

Tem deck pra dar com pau ( ͡° ͜ʖ ͡°)
E não são só esses que eu citei não! Tem muitos outros ainda que com certeza eu esqueci de mencionar. Mas no limite da minha capacidade, vão só esses mesmo hehehehe

Visto que tem essa variedade imensa (e eu provavelmente já disse isso anteriormente) é um momento excelente para quem tá afim de começar a jogar competitivo. Tem decks para todos os gostos, usando as mais variadas estratégias. E ainda sem existir um visível BDIF (Best Deck In Format).

Por exemplo... Gardevoir GX é um deck excelente, mas que tem uma matchup horrorosa contra Metagross GX, que perde feio pra Volcanion EX, que perde feio pra Lapras GX, e assim por diante. Dá pra melhorar a matchup de alguns decks fazendo techs? Claro que dá, mas na hora de se escolher algum deck, sempre é bom estar ciente de todas as matchups (boas e ruins) e se você aceita essa condição na hora de elaborar a sua lista.

Para iniciantes, conversando com outros colegas jogadores, me foi recomendado os decks de Volcanion EX e de Garbodor, visto que sua curva de aprendizado é baixa, o preço das cartas é menor comparado aos outros decks (deixa a Tapu Lele GX de lado, ela é assunto pra outro momento) e terão uma presença expressiva nos meses que virão. Ou seja... Independente do seu deck, esteja preparado para enfrentá-los praticamente em todo torneio que o senhor ou a senhorita for jogar.

Na nossa querida Liga Arena eu venho testando os decks de Volcanion EX e Tapu Bulu GX / Vikavolt, com bons resultados e me surpreendendo a cada jogada. Nas próximas semanas, trarei aos senhores e senhoritas algumas listas já adequadas para o pós rotação.

Um beijo no kokoro! E não se esqueçam de acessar a stream do mundial começando 18/08! Um bom jogador é feito de muito estudo e trabalho duro...

Até a próxima!!!




quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Falando de Pauper - Deck Tech Affinity


Olá caros amigos fãs de Pauper, volto eu, "Petiano" Melo a falar sobre nosso querido formato, trazendo hoje para vocês informações sobre um dos decks mais utilizados do meta, o Affinity.

Um dos aggros mais consistentes do formato, utilizando a mecânica de afinidade e maestria com metais, um aggro bem consistente com criaturas de Power Level alto além de evasão, algumas podendo ser conjuradas a custo zero, e ainda tem diversas cartas que te proporcionam draw, dentre elas mágicas e artefatos, algumas corrigindo suas cores de mana, um exemplo é prophetic prism.

Vamos ao Deck:

Lands

Creatures

4 x Atog

Spells

2 x Fling

Sideboard

2 x Dispel

Base mana:

Os terrenos artefato, banidos do modern por seu Power level, brilham no Pauper, facilitando a mecânica do deck, são eles: ancient den, great furnace, seat of the synod, darksteel Citadel, existem outras versões do deck que utilizam verde e/ou preto, se fazendo necessário tree of Tales e ou vault of whispers.

Esses terrenos além de proporcionarem as cores necessárias para conjurar suas mágicas, eles também ajudam a diminuir o custo das cartas com afinidade por artefatos, além de ativar maestria, por serem artefatos, além de ainda ser terreno, e posteriormente servindo de combustível pro atog.

Criaturas:

Nesta lista contamos com 16 criaturas, sendo 08 criaturas com a habilidade  de afinidade, habilidade que faz com que o custo de suas magicas desse tipo tenham o seu custo reduzido em 1, para cada permanente desse tipo (artefato), que você possui no campo de batalha, sendo essas criaturas, frogmite 4 manas 2/2, muitas vezes entrando por custo zero no turno 2 e myr enforcer 7 manas 4/4 muitas vezes conjurado por custo zero no turno 3 ou 4.

Temos  ainda 4 cópias de auriok sunchaser em nossa lista, 2 manas, 1/1, que conta com a habilidade de maestria com metais , ganhando +2/+2 e voar enquanto você controlar 3 ou mais artefatos no campo de batalha, em versões com verde, temos outra criatura com a habilidade de maestria, carapace forge, 2 manas 2/2, maestria ganha +2/+2  enquanto você controlar 3 artefatos ou mais....uma 4/4 por 2 manas no formato é muito forte, por isso alguns jogadores optam pelo verde, no nosso caso....optamos pela evasão que auriok nos proporciona com o voar.

Atog , dispensa apresentações, a estrela do deck, utilizando 4 cópias, uma criatura custo 2 de mana, 1/2, com a habilidade : você pode sacrificar um artefato e atog ganha  +2/+2 até o final do turno, lembrando que essa habilidade é cumulativa até o final do turno, podendo deixar seu atog monstruoso sacrificando vários de seus artefatos, combinado com a carta arremessar você tem a chance de causar dano letal em seu oponente, sem precisar entrar em combate com o mesmo.

Artefatos e outras mágicas:

No formato podemos contar com alguns artefatos que irão nos ajudar na correção de cor de mana, ao mesmo tempo que te proporciona draws, e que mais tarde no jogo podem virar combustível para o atog, ou usados em combinação com perilous research 2 manas que te proporciona 2 draw porém parte do seu custo, é sacrificar um artefato, e pra isso você usa:

Chromatic star
chromatic sphere
Prophetic prism
Ichor wellspring


Uma dica, star e ichor são as melhores cartas para se usar em combinação com perilous e atog pois  fazem efeito quando são colocadas no seu cemitério.

Nas draw Contamos também com thoughcast instant, custo de 4 incolores e 1 mana azul, compre 2 Cards, afinidade com artefatos, o melhor draw do deck em sua maioria de vezes custando apenas 1 mana azul pra ser conjurada.

Outra carta interessante com maestria, é galvanic blast, 1 mana vermelha 2 de dano, na maestria causa 4 pontos de dano na criatura ou jogador, neste caso é neste deck, muito melhor que um raio, muitas vezes decidindo o jogo.


Espero q tenham gostado dessa deck tech, aqui desejo muita sorte a quem for montar esse deck, que na minha opinião, é muito divertido de se jogar , além de ser muito forte no meta, uma grande abraço do Pretiano, até a próxima

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Trincheiras do Commander - Qual a sua Tribo ?


BOMMM DIIIAAAA VIIIEETINÃÃÃ, Boa noite galera hoje volto com a segunda parte da matéria sobre os commander 2017, e agora além dos Spoilers Completo da coleção, ainda foi divulgada a lista completa dos decks, e por esse motivo o foco deste artigo será falar sobre a impressão geral do deck, além de falar de algumas cartas novas que esse deck traz e que ainda não falei no artigo anterior, também vou citar alguns destaques que foram reimpressos da lista, porém por ser reimpressão não vou aprofundar.

Se você não viu o Primeiro Artigo Sobre Commander 2017
Trincheiras do Commander - Spoilers Commander 2017

Então vamos as listas

Creature (17)
Sorcery (7)
1 Rout
Instant (5)
Artifact (15)


Enchantment (3)
Land (36)
7 Plains
6 Forest
Other (16)
99 Cards


Esse deck considero como o deck mais sinérgico e um dos decks mais fácil de se tirar da caixa e já jogar, tendo em sua lista as mecânicas necessárias para a vitória e caso você vá melhorar o seu deck, é necessário apenas a substituição de alguns equipamentos, pelas espadas já consagradas no commander, como espada de fogo e gelo, espadade luz e sombra, banquete e fome, espada de guerra e paz, e espada de corpo emente, além de magicas e criaturas que ajudem a  buscar no grimório esses equipamentos.
Voltando a sua lista original destaco como reprints Mirari's Wake, esse é um encantamento que cabe em quase qualquer deck  GW (Selesnia), que suas criaturas recebem +1/+1 e sempre que você vira um terreno para gerar mana ele produz uma mana a mais de qualquer tipo que ele possa gerar; Kemba,Kha Regent, como não gostar desse gato criador de ficha de gatos em um deck tribal; Rout, uma remoção global muito legal que combinada com mana rock e encantamentos que aumenta a sua produção de mana pode ser usada com velocidade de magica instantânea; Quietus Spike, um equipamento que dá toque mortífero à criatura, e que faz com que o oponente perca metade dos pontos de vida caso sofra dano de combate, em um deck com muitas formas de suas criaturas ganharem atropelar só pode ser perigoso; Raksha, Filhote Dourado, um gato que se equipado faz com que seus gatos recebam +2/+2 e golpe duplo só pode ser bom, bem essas são algumas cartas que destaco dentro da estratégia do deck, se se fazer alguns gatos equipa-los e bater muito forte em seus oponentes.
Agora destaco mais algumas cartas novas para esse deck


Como não gostar dessa notória tripulante da Lendária Nau Bons Ventos, Mirri à primeira vista lembra Árbitro Silencioso, porém ela é melhor, pois ao contrário do Arbitro, ela te permite atacar com mais de uma criatura, e apenas os seus oponentes são restringidos a atacar com apenas uma criatura, quando atacam você, além disso ela faz com que seus oponentes só possam bloquear com apenas uma criatura, o que te permite atacar com um exército de gatos e ter apenas um deles bloqueado.


Sim você vai querer usar as duas cartas no seu deck tribal, pois Nazahn quando entra no campo de batalha te permite procurar por um equipamento no seu grimório e colocá-lo na mão e se for Martelo de Nazahn você pode colocá-lo em jogo, e o Martelo tem a habilidade de sempre que ele ou outro equipamento entra no campo de batalha você pode anexa-lo à uma criatura que você controla, além disso a criatura equipada com martelo terá indestrutível e +2/0, além disso o nosso amigo Cuteleiro permite que você vire um criatura que um oponente controla, toda vez que uma criatura equipada que você controla.


COMMANDER: The Ur-Dragon
Creature (25)

Sorcery (7)

Artifact (9)
Enchantment (6)

Land (36)
6 Mountain
3 Swamp
3 Forest
3 Plains
3 Island

Other (16)
99 Cards

Bem o Deck de Dragões, é até um pouco óbvio de se falar, pois essas imensas criaturas são extremamente poderosas, e é exatamente o que se observa na sua lista, grandes criaturas,e alto custo de mana, o deck tenta contornar isso com alguns ramps, e criaturas que não são Dragões mas que ajudam a diminuir o custo de mana de seus monstros, além disso o deck conta com algumas remoções globais para que você tenha tempo de poder chegar no momento do jogo onde qualquer criatura que você faça impacte o jogo.

Dentro dos reprints destaco Niv-Mizzet,Dracogenius (uma pena que Niv-Mizzet, the Firemind está no deck de magos), que te permite dar muitos draws, Scion of the Ur-Dragon, este sempre foi o melhor comandante para o deck de Dragões, pelo menos até agora, Crosis, the Purger que te ajuda a controlar a mão dos oponentes tirando os seus recursos para que você possa ter tempo de ter muitos outros dragões e Utvara Hellkite, que faz com que você crie muitas fichas de dragões 6/6 com voar.

Quanto as cartas novas destaco

Apesar do alto custo de mana, GRBUW 4 (9 manas), não tem como ignorar esse Dragão tão importante na história, ele tem a habilidade de eminence, que faz com que outras magicas do tipo Dragão que você conjura, custe 1 mana a menos, isso ele estando em campo ou na zona de comando, e caso ele esteja em campo ele tem a habilidade de que sempre que um ou mais dragões ataca, você pode comprar essa quantidade de cartas (dragões atacantes), e depois disso você pode colocar uma permanente de sua mão em campo, isso sem contar que é um comandante com voar 10/10, como não gostar desse monstro.


Taigam no deck é uma criatura incrível para proteger as suas magicas instantâneas e feitiços, além de suas magicas de dragões, pois com ele em campo essas magicas não podem ser anuladas, porém acredito que Taigam pode ser muito melhor utilizado como uma criatura ou comandante de um deck especialista em conjurar magicas instantâneas e feitiços, além disso se ele atacou no turno, as suas magicas do tipo feitiço e instantânea ganham rebote, tornando-o um excelente comandante para um deck desse tipo, além disso ele possui uma excelente combinação de cores UW.

Como eu havia falado o deck precisa de tempo para que os dragões entrem em campo e para ajudar a ter tempo, ele semeia discórdia com...


Com essas 3 maldições o deck busca obter vantagem, enquanto faz com que seus oponentes ataquem um ao outro, pois quando você encanta um jogador com uma dessas maldições, sempre que o jogador encantado é atacado você faz o seu efeito, e cada oponente que estiver atacando aquele jogador também recebe seus benefícios sendo eles:

Maldição da Opulência – crie uma ficha de artefato chamada ouro, com habilidade de sacrifique esse artefato e gera uma mana de qualquer cor a sua reserva.

Maldição da Prolixidade – sempre que o jogador for atacado compre uma carta.

Maldição da Recompensa – Desvire todas as permanentes que você controla e que não sejam terrenos.

Creature (22)
1 Havengul Lich
1 Marchesa, the Black Rose
1 Vela the Night-Clad
1 Arcanis the Omnipotent
1 Azami, Lady of Scrolls
1 Body Double
1 Harbinger of the Tides
1 Serendib Sorcerer
1 Apprentice Necromancer
1 Magus of the Abyss
1 Puppeteer Clique
1 Etherium-Horn Sorcerer
1 Mercurial Chemister
1 Nin, the Pain Artist
1 Niv-Mizzet, the Firemind
1 Shadowmage Infiltrator
1 Archaeomancer
1 Merchant of Secrets
1 Sea Gate Oracle
1 Corpse Augur
1 Izzet Chronarch
1 Nivix Guildmage

Sorcery (4)

1 Clone Legion
1 Spelltwine
1 Decree of Pain
1 Necromantic Selection
Instant (13)
1 Comet Storm
1 Polymorphist's Jest
1 Chaos Warp
1 Memory Plunder
1 Silumgar's Command
1 Into the Roil
1 Opportunity
1 Reality Shift
1 Go for the Throat
1 Cauldron Dance
1 Crosis's Charm
1 Rakdos Charm
1 Terminate

Artifact (7)

1 Nevinyrral's Disk
1 Commander's Sphere
1 Darksteel Ingot
1 Fellwar Stone
1 Sol Ring
1 Unstable Obelisk
1 Worn Powerstone
Land (37)
1 Exotic Orchard
1 Mystifying Maze
10 Island
6 Swamp
4 Mountain
1 Command Tower
1 Crumbling Necropolis
1 Dimir Aqueduct
1 Dismal Backwater
1 Evolving Wilds
1 Grixis Panorama
1 Izzet Boilerworks
1 Jwar Isle Refuge
1 Rakdos Carnarium
1 Swiftwater Cliffs
1 Temple of the False God
1 Terramorphic Expanse
1 Vivid Crag
1 Vivid Creek
1 Vivid Marsh

Other (16)
99 Cards

Esse deck é o que menos deixa clara a sua estratégia de vitória, apesar de possuir muitas cartas que te dão vantagem ele não construí um plano claro para se chegar a vitória, apesar disso ele é o deck que possui um maior número de cartas com grande power level, sendo todas as suas criaturas lendárias ótimos comandantes que permitem a o construção de uma grande diversidade de decks, além disso observei que o deck exerce um forte controle, e reaproveita muitas cartas que estão nos cemitérios seja no seu ou de um oponente, além disso, acredito que uma das possibilidades de plano de vitória seja a criação de muitas fichas e magos e fazer com que seja difícil bloqueá-los além do uso de seu comandante virando 5 magos e o oponente perde 7 pontos de vida

Quanto aos reprints destaco Niv-Mizzet,the Firemind, que é uma criatura que forma combo com curiosidade (uma pena não vir no deck, embora não acredito que a Wizard colocaria um combo completo no deck), Marchesa, the Black Rose, uma criatura lendária de conspiracy, e por isso as vezes um pouco chata para encontrar, ela tem dethrone, e as suas outras criaturas também ganham essa habilidade, além de que sempre que uma criatura com marcador +1/+1 morrer ela retorna ao campo, Nin, Artista da Dor, um criatura que permite que você mate uma criatura de um oponente (com a desvantagem de dar para para ele) ou uma criatura sua, fazendo com que você compre um bom número de cartas.

Essa acredito que seja uma das cartas com a cotação de valor mais cara da coleção até agora, e não é à toa, pois essa maguinha simpática, custa apenas 4 manas RBU 1 tem voar e 3/4 além disso tem uma habilidade incrível, pois ela te permite conjurar cartas de feitiço ou magica instantânea de seu cemitério, podendo ser uma nova comandante de um deck especialista em conjurar essas magicas.


Taigam aparecendo novamente, porém em outro deck e com outras cores UB 3, e pode ser um outro comandante para um reanimator UB, pos Taigam é uma criatura 3/4 e seu texto diz pule a sua etapa de compra de cartas, e no inicio de sua manutenção olha 3 cartas do topo de seu grimório e coloca uma em sua mão e o restante no seu cemitério, além disso ele ainda tem habilidade de pague B vire, e exile X cards do seu cemitério, e a criatura alvo recebe –X/-X até o final do turno.

Esse goblinzinho pode parecer inofensivo, porém ele tem potencial para causar grandes estragos, pois ele custa R 2, tem ímpeto, 1/3 e tem a habilidade de R vire, exile um feitiço ou magica instantânea alvo de seu cemitério, e sua segunda habilidade de 1R vire, você pode conjurar qualquer número de cartas exiladas com ele, sem pagar o seu custo, permitindo assim que você conjure inúmeras vezes cartas como BrainStorm ou Time warp. É só protege-lo.


COMMANDER: 

Edgar Markov

Creature (19)
1 Anowon, the Ruin Sage
1 Bloodlord of Vaasgoth
1 Blood Baron of Vizkopa
1 Butcher of Malakir
1 Captivating Vampire
1 Dark Impostor
1 Drana, Kalastria Bloodchief
1 Malakir Bloodwitch
1 Sangromancer
1 Skeletal Vampire
1 Vein Drinker
1 Blood Artist
1 Bloodhusk Ritualist
1 Falkenrath Noble
1 Pawn of Ulamog
1 Vampire Nighthawk
1 Rakish Heir
1 Stromkirk Captain
1 Tithe Drinker

Sorcery (8)

1 Fell the Mighty
1 Blood Tribute
1 Consuming Vapors
1 Damnable Pact
1 Merciless Eviction
1 Ambition's Cost
1 Read the Bones
1 Syphon Mind

Instant (6)

1 Crackling Doom
1 Return to Dust
1 Swords to Plowshares
1 Go for the Throat
1 Skeletal Scrying
1 Mortify
Artifact (9)
1 Blade of the Bloodchief
1 Door of Destinies
1 Well of Lost Dreams
1 Boros Signet
1 Orzhov Signet
1 Rakdos Signet
1 Skullclamp
1 Sol Ring
1 Worn Powerstone


Enchantment (5)

1 Blind Obedience
1 Black Market
1 Sanguine Bond
1 Underworld Connections
1 Outpost Siege
Land (36)
8 Swamp
4 Mountain
3 Plains
1 Akoum Refuge
1 Bloodfell Caves
1 Bojuka Bog
1 Boros Garrison
1 Boros Guildgate
1 Cinder Barrens
1 Command Tower
1 Evolving Wilds
1 Forsaken Sanctuary
1 Kabira Crossroads
1 Nomad Outpost
1 Opal Palace
1 Orzhov Basilica
1 Orzhov Guildgate
1 Rakdos Carnarium
1 Rakdos Guildgate
1 Scoured Barrens
1 Stone Quarry
1 Terramorphic Expanse
1 Urborg Volcano
1 Wind-Scarred Crag

Other (16)
99 Cards

Nesse deck de vampiros como era de se esperar ele utiliza e muito bem a estratégia de fazer com que oponentes percam vida enquanto você ganha vida, além de seu comandante ter emience, onde sempre que você conjurar outra magica de vampiro, crie uma ficha de vampiro 1/1, e tem mais Edgar Markov, custa BWR3 tem ímpeto e iniciativa 4/4, e sempre que ele ataca cola um marcador +1/+1 em cada  vampiro, assim contribuindo para uma segunda estratégia de se criar muitos vampiros e fazer com que eles se tornem maiores, em seus reprints destaco Pacto de Sangue, uma pena que no deck não vem Sangue Delicioso, (sim eu sei a Wizard não colocaria um combo no deck), Vampiro Cativante, que te permite roubar criaturas dos oponentes, Senhor Vampiro de Vaasgoth, que tem sede de sangue 23 e faz com que os vampiros que você conjure tenham sede de sangue 3 também.


Licia Parece custar muitas manas BWG 5, porém ela tem a habilidade de custar uma mana incolor a menos para cada ponto de vida que você ganhou no turno, sendo assim é muito fácil fazer com que essa vampira 4/4 com iniciativa e vinculo com a vida custe apenas 3 ou 4 manas, além disso ela tem habilidade de se poder pagar 5 pontos de vida e ganhar 3 marcadores +1/+1, uma pena que você só pode usar essa habilidade uma vez por turno, mas ainda assim ela é bem forte.
Tributode Sangue (reprint)

Um feitiço que custa BB 4, e faz com que um oponente perca metade de seus pontos de vida, e tem reforçar, (vire um vampiro) e se for pago o seu custo de reforçar, você ganha aquela quantidade de pontos de vida,, como disse o deck é um especialista em ganhar vida.


É uma carta bem divertida pois ela obriga os seus oponentes atacarem com todas as criaturas que eles controlam, porém eles não podem atacar você ou um planeswalker que você controla.


É perfeita para qualquer deck tribal que tenha branco, pois esse encantamento de 4 manas, sendo elas WW2, e seu texto diz, quando Dadiva da Estirpe entra em jogo escolha um tipo de criatura, pague W1, coloque um marcador de divindade na criatura alvo do tipo escolhido. As criaturas com marcador de divindade tem indestrutível.

Bom galera eu seu que o artigo de hoje ficou bem extenso, mas quis ajudar a vocês na escolha de seu novo deck de commander, já que o lançamento está bem próximo.

E então, já escolheram a sua tribo???

Bem eu não poderia terminar esse artigo sem falar de um dragão que sei que muitos irão chamar de Dragão da Ira de Conejo, pois quando ele causa dano a um jogador, e se esse jogador atacou você no ultimo turno você pode exilar uma permanente que não seja terreno que aquele jogador controla, sendo perfeito para chamar de Dragão da Vingança, embora o seu nome seja O-Kagashi, Kami Vingativo.

Então me despeço deixando meu amigo Karthus cantando a sua vingança, e espero que tenham gostado.