domingo, 28 de fevereiro de 2016

Arlinn Kord

Arlinn Kord é uma lobisomem atormentada originária de Avabruck que tem um dom único em sua raça: ela é uma Planeswalker.

Arlinn era adolescente quando os uivos da alcateia de Mondronen a chamaram para a floresta e ela completou sua Primeira Caçada. Ela sempre lutou contra a transformação, utilizando amuletos Avacynianos, orações e jejuns para proteger-se o máximo possível. Ela chegou até mesmo a estudar magia na igreja, tornando-se Arquimaga dos Noite Dourada, enquanto escondia sua maldição de seus professores e mentores — até uma noite em que ela não conseguiu mais conter a transformação e matou diversos hierarcas antes que sua centelha se acendesse e ela se visse correndo pelas florestas de outro plano.

Aterrorizada, ela recuperou os sentidos pela manhã — mas não recuperou sua forma humana. De algum modo, a experiência de manter sua mente humana na forma lupina deu a ela uma apreciação diferente do espírito selvagem com quem compartilha seu corpo. A única maneira de voltar a sua forma humana era transplanar de volta a Innistrad; hoje em dia, ela consegue controlar a transformação nas duas direções com alguma facilidade. Apesar de ainda se horrorizar com o massacre que ela protagonizou na igreja, ela está aceitando o poder de sua forma lupina como um complemento natural de sua magia.

Acima de tudo, Arlinn deseja desesperadamente garantir a sobrevivência de sua espécie. Ela passou a se considerar parte da alcateia. Em um mundo que Avacyn purificou com o Calar das Maldições ou matou centenas de lobisomens, e onde sua igreja está iniciando uma nova inquisição ainda mais terrível do que nunca, Arlinn teme que se não agir a tempo, os licantropos de Innistrad logo serão extintos para sempre.









Nenhum comentário:

Postar um comentário