segunda-feira, 30 de maio de 2011

Modern Magic

Me chamo Bruno, mais conhecido aqui como Scarface, venho aqui para expor as idéias em relação a esse novo formato que foi divulgado pela Wizards no ultimo dia 19/05, o novo formato trata-se de um novo ethernal no Magic que estaria disponível apenas no Magic On Line para teste, sendo muito questionada, pois desde a queda repentina das edições que compunham o antigo Extended (Mirrodim para cima e Décima para cima), havia muitos rumores sobre o novo formato e as edições que valeri, sendo elas as edições de Mascara de Mercádia para cima, e até como não havia lista de banidas nem mais nada a respeito, bem... tudo era possível.

Quando a Wizards lançou o artigo sobre as edições que compunham o novo formato.

Essa nova versão valeriam as seguintes edições:

  • Eighth Edition
  • Ninth Edition
  • Tenth Edition
  • Magic 2010
  • Magic 2011
  • Mirrodin block
  • Kamigawa block
  • Ravnica block
  • Coldsnap
  • Time Spiral block (including the "timeshifted" cards)
  • Lorwyn block
  • Shadowmoor block
  • Shards of Alara block
  • Zendikar block
  • Scars of Mirrodin block

Com as seguintes cartas banidas:

Um pouco sobre as cartas banidas:

- 5 terrenos artefatos: simplesmente deteria a possibilidade de jogar no affinity, não há outro deck que eles seriam mais eficientes a ponto de não poderem ser substituidos.

- Mox de Cromo: a impossibilidade de serem jogadas cartas muito fortes no primeiro turno, como hoje em dia seria Stone Forge, procurando Crânio Marreta, ou as 5 espadas disponíveis no formato.

- Dark Depths: vou provar que sozinho ele não traria tantos benefícios ou seria assim tão forte, como na mesma época que foi lançado o DDT, os aggros teriam path, além de bant charm, os controls teriam os anulas, não vejo eficiência no formato, mas no início debandou o formato com a lista jogada pelo nosso querido PV no PT Austin em 2009 ficando em 8º lugar.

- Sensei's Divining Top: provavelmente prevaleceria o mesmo entendimento da Wizards a respeito de seu banimento no antigo Extended: “ele atrasa o jogo”.

- Skullclamp: não precisa falar nada a respeito da pinça, + 1/-1 quando a criatura for colocada no cemitério compre duas cartas (absurdo).

- Sword of the Meek: eu entendo o banimento da espada dos humildes nesse formato, que se lembra dessa época do Extended, foi um deck que dominou o ambiente em seus 3 formatos, o Dark Depths Thopter, uam versão BU com alguns anulas e controles como Jace, o escultor de mentes, UW que foi o mais jogado, usando Tezzeret the Seeker, pois se faltava alguma peça do combo o Tezzeret puxava ela, e a versão um pouco mais aggro tipo Bant, usando Stone Forge para pegar a espada dos humildes, Rox War Monk, nobre Hierarca e Goyf, no side garra krosana no mirror.
- Umezawa's Jitte: sinceramente não vi um definido ban para ela, no ultimo PTQ ambas jogaram juntas, e nenhum deck usava mais de Stone Forge, e ainda assim não era tão absurda quando se pensava, mas não há problemas, pois as espadas do ciclo de Mirrodim cumuladas com as espadas de Cicatriz de Mirrodim mais os outros equipes ela não fará tanta falta como se imagina (mas ainda assim não vi um ban definitivo pra ela, pois alguns vão se lembrar, ela foi carta promo do Grand Prix, em 2 semanas ela seria banida por conta da rotação do Extended)
- Golgari Grave-Troll: peça mais importante no Dredge, quem se lembra do deck da época como era chato tomar uma Iona, o escudo de emeria no 3º tuno, um deles no 4º^5º turno estando cada um deles 8/8 ou 9/9 para mais, alem de um novo com a TrepadeiraVingativa, ainda mais rápido e um kill mais seguro.
As cartas que todos achavam que seriam banidas e NÃO FORAM... (ainda)
- Tarmogoyf: impossível não falar desse pequeno e inofensivo, na época Extended, ele foi a maior febre do formato, era bem assim: o deck vai verde? Sim! Vai Goyf / O deck vai verde? Não! Splash pra verge para Goyf.
Os mais comuns (ou incomuns) decks que foam invadidos pelos Goyfs: Fadas, não se usava preto, era Nent Level Blue, Affinity(!!!) ou como era conhecido: Goyfinity, no Mono Black ou Pox.
- DarkConfidant: mais conhecido como “bob” por conta de seu criador Bob Maher, uma carta que revolucionou o magic em todos os foramatos, sendo uma das cartas mais tops em Legacy e Vintage, um carta de drop 2 que ainda hle dá uma draw adicional, só pode ser bom! (pequena curiosidade: a carta Confidente Sombrio diz em seu texto “No início de sua manutenção, revele o card do topo de seu grimório e coloque-o em sua mão” porem muito jogadores no calor de seus jogos, esqueciam de revelar pra ele, em campeonatos oficiais, era Punível com a perda da partida, estando 1 a 0 para seu oponente, contudo, os juizes acharam que seria uma punição muito forte, tomando uma alternativa menos forte: era chamado o juiz, explicava-se o ocorrido e o controlador do “bob” revelava sua mão e tomava o maior custo)
- ÆtherVial: ainda não entendi muito bem a idéia do não banimento de frasco do éter, porem penso eu que haveria muitos matchs conta ele, e assim não sendo tão forte e tão rígido quanto ele é no Legacy, ou por causa do MentalMisstep, porém vamos esperam um novo pronunciamento a respeito da lista de banidas.
- Hypergenesis / LivingEnd: partindo de uma mesmo princípio ambas seriam jogadas por mágicas com a habilidade de Cascata, habilidade surgida no bloco de AlaraReborn, vide regra:


502.85a Cascata é uma habilidade desencadeada que funciona apenas enquanto a mágica com cascata está na pilha.
"Cascata" significa "Quando jogar esta mágica, remova do jogo cards do topo de seu grimório até remover um que não seja terreno e que tenha custo inferior ao custo de mana convertido dessa mágica.
Você pode jogar aquele card sem pagar seu custo de mana.
Depois coloque no fundo do seu grimório em ordem aleatória todos os cards removidos do jogo dessa maneira e que não foram jogados."
502.85b Se uma mágica tiver mais de uma ocorrência de cascata, cada uma será desencadeada separadamente.
* Em cards de mágica instantânea e feitiço, a habilidade de cascata é impressa em primeiro lugar; em cards de permanentes, ela é impressa por último.
Qualquer que seja o tipo de card, a habilidade de cascata é desencadeada quando a mágica é jogada, e não quando ela é resolvida (ou seja, antes que a permanente entre em jogo).
* Aqui está a sequência de cascata:
1) Você joga uma mágica com cascata.
2) A habilidade de cascata é desencadeada e vai para a pilha no topo da mágica original.
3) A habilidade de cascata é resolvida.
Se encontrar um card qualificado que gostaria de jogar, você poderá jogá-lo.
4) A mágica que você jogou como resultado da habilidade de cascata é resolvida.
5) A mágica original é resolvida.
* Na maioria dos casos, a habilidade de cascata é obrigatória.
Você deve remover do jogo cards do topo de seu grimório, mesmo que saiba que não removerá algo que queira jogar.
A única parte opcional é jogar ou não o último card removido.
* A mágica que você joga como resultado da habilidade de cascata é resolvida antes da mágica original.
Se você jogar uma mágica de criatura com cascata e, depois, jogar uma Aura como resultado da habilidade de cascata, não poderá encantar aquela criatura com essa Aura porque a mágica de criatura ainda não terá sido resolvida.
* A habilidade de Cascata não será desencadeada se você colocar uma cópia de uma mágica com cascata na pilha (devido, por exemplo, a Conjuração Bifurcada ou Conjuração Dupla).
Isso ocorre porque você não jogou a cópia.
* Anular a mágica original não anula a habilidade de cascata.
* Como cascata é uma habilidade desencadeada, qualquer coisa que interaja com uma habilidade desencadeada (como Asfixiar) interage também com cascata.
* Todos os jogadores podem ver os cards que você remove do jogo quando a habilidade de cascata é resolvida.
* Se você remover do jogo um card duplo dessa maneira, verifique se ao menos uma metade desse card tem um custo de mana convertido que seja menor que o custo de mana convertido da mágica com cascata.
Caso isso ocorra, você poderá jogar qualquer uma das metades do card duplo.
* Ao jogar um card dessa maneira, ele é jogado como parte da resolução da habilidade de cascata.
Restrições temporais baseadas no tipo do card (como criatura ou mágica) são ignoradas.
Outras restrições de jogos não são ignoradas (como "Jogue [este card] antes de declarar atacantes").
* Uma mágica jogada como parte da resolução de cascata é jogada da zona "removido do jogo", e não de seu grimório.
* Se você jogar um card "sem pagar seu custo de mana", não poderá pagar custos alternativos, como evocar ou o custo alternativo fornecido pela habilidade de metamorfose.
Se tiver X em seu custo de mana, X deverá ser igual a 0.
Porém, você pode pagar custos adicionais opcionais, como o de conspirar, e ainda deverá pagar os custos obrigatórios adicionais, como o de Defensor de Prado Dourado.
* Se você jogar um card dessa maneira, o estará jogando como uma mágica.
Ele poderá ser anulado.
Se você jogar outro card com cascata dessa maneira, a habilidade de cascata da nova mágica será desencadeada e você repetirá o processo para essa nova mágica.
* Após jogar um card aplicável, disponha de forma aleatória os outros cards removidos do jogo dessa maneira e coloque-os no fundo de seu grimório.
Nem você nem os demais jogadores poderão ver a ordem desses cards.
* Se você não quiser jogar o card em questão, poderá removê-lo do jogo com a habilidade de cascata, mas não é obrigado a fazê-lo.
Junte-o aos outros cards removidos do jogo dessa maneira quando os dispuser de modo aleatório e coloque-os no fundo do seu grimório.
O mesmo pode ser feito com um card aplicável que você não possa jogar (por exemplo, por falta de alvos válidos).
* Se você jogar uma mágica com cascata e não houver cards que não sejam de terreno em seu grimório com um custo de mana convertido inferior ao custo de mana convertido daquela mágica, deverá remover todo o seu grimório do jogo.
Depois, disponha-os de forma aleatória esses cards e coloque-os de volta em jogo como seu grimório.
Ainda que, na prática, você esteja embaralhando esses cards, a rigor não é o que ocorre, já que não são desencadeadas habilidades que normalmente o seriam quando você embaralha seu grimório.
. Ambos os decks se baseavam nas seguintes cores BGR, pois havia uma carta que acelerava o seu funcionamento Espírito-Guia Símio - Remova do jogo o Espírito-Guia Símio em sua mão: “Adicione {R} à sua reserva de mana”, cumulada com Carvernas de Pedras Preciosas – “Se Carvernas de Pedras Preciosas estiver em sua mão de abertura e você não for o primeiro a jogar, você pode começar o jogo com Carvernas de Pedras Preciosas em jogo com um marcador de sorte sobre ela. Se fizer isso, remova do jogo um card de sua mão.

{T}: Adicione {1} à sua reserva de mana. Se Carvernas de Pedras Preciosas tiver um marcador de sorte sobre ela, em vez disso, adicione um mana de qualquer cor à sua reserva de mana.”
Mas mesmo assim um péssimo match contra decks controls, como fadas, variações de thopters, e qualquer deck com anulas ou cartas que impossibilitavam de serem jogadas como a volta do MeddlingMage(ou em espanhol: Magoentrometido), se fosse o fadas era o pior, pois o mesmo teria em seu main deck alem de Danação, em seu Side Extirpar, que seria o fim do match.
A meu respeito não há mais alguma carta que seria tão mais comentada com relação a seu banimento iminente que até agora não teria causado um certo rebuliço. Porém vamos esperam e sermos confiantes que pouca coisa mudará até agora.
Cartas que farão a diferença no novo formato
- Duais lands de Ravnica: mesmo antes das novas fecths chegarem ao mercados a base de mana era bem completa, além de ter as próprias duais havia as pains lands relançadas em Nona e Décima edição, que “concertavam” qualquer curva de mana, possibilitando a jogabilidade com qualquer cor de deck.
- Fecths lands do bloco de Zendikar: seria a segunda carta em seu patamar de jogabilidade pois a fectch ajuda a corrigir a curva semi-perfeita, um deck de 3 cores, 4 cores, 5 cores sem ser deck control com sua curva corrigida com a fusão: dual + fecths = sucesso!
- Cavaleiro do relicário: drop 3, quando entrar em jogo já haverá umas 2 ou 3 fetchs no cemitério, fazendo ser uma carta muito forte, pois quando houve a rotação das fecths antigas do bloco de Imvestida, seu preço despencou e em seguida duplicou com as novas fecths.
- GhostQuarter: destrói o terreno do cara, e ele procura um terreno básico, pode ser qualquer terreno, muito forte quando fizeram o Dark Depths.
Poderia ficar falando de cartas tops que jagariam com facilidade, mas vamos esperar o lista de banidas.
O choque
O maior choque com a notícia que a Wizards daria com a primeira lista de banidas e restritas do ano de 2010 foi que os formatos não terias mais um maior ciclos de 4 anos e sim de 2 anos, pois os que estavam habituados com a rotação estavam despreocupados, pois seria apenas a impossibilidade de jogar de affinity caindo o bloco de Mirodim, porém, surpreendeu a todos com aqueles que haviam gastado um bom dinheiro comprando as duais do bloco de Ravnica. O que deixou muitos jogadores com raiva, pois há muitos que investiram pois elas ainda rotacionariam apenas em mais 1 ano e meio.
Eu jogava Extended e estava preso a mesmice e não sabia
Para quem joga t2 com sua temporada Extended chegando não sabia do que jogar, com uma pequena visualização dos top deck no exterior veio a surpresa: Caw-Blade? Mas ele não é t2? Agora tem uma versão no t4? Vamos ver a base: 4 stone forge, 4 Squadron Hawk, uma espada de cada, 4 Colunata Celestial, 4 jace, 4 preordain... Meus Deus, eu tenho quase tudo, é disso que vou jogar! A mesma coisa se aplica ao Valakut.
O único deck diferenciado em relação ao t2 é o fadas.
A esperança
A maior esperança dos jogadores que tem as cartas antigas que caíram com a rotação é de coloca-las novamente no mercado ou ter um material para poder ter uma base para jogar, pois todos que jogaram sua temporada investiram uma boa porcentagem esperando um retorno em uma durabilidade com relação aos formatos.
Quando caíram as duais, os jogadores ficaram muito chateados, e houve uma grande massa que não sabia o que fazer com elas elem das cartas que caíram juntas, ou vendo muito barato porque sempre tem alguém querendo essas coisas que já foram top, vendo ou guardo? Aos que guardaram tem mais de meio caminho andado, os que venderam com certeza pegarão, pois compensaria no pois é o mesmo princípios do legacy, seria para sempre.
Exposição de idéias
A meu ver o que a wizards fez: ela mesma lançou um boato sobre o formato, logo após a queda de formato, pois foi a maior besteira que ela fez, pois todos que jogavam Extended falaram que foi a melhor época por causa de sua diversidade em relação a decks e idéias loucas (eu mesmo joguei de dark bant o PTQ de 2010), e além de jogadores de legacy que já falaram que gostaram do formato, além de ser muito bom para a economia do Magic.


Abaixo para encerrar alguns decks que veríamos jogando novamente:
- Zoo: muitas criatura de baixo custo com poder e defesa elevados, burns e removels finalizando rapidamente;
- Urza Tron: deck de controle, geralmente UW com cólera de deus/dia do julgamente, geralmente usa-se Teferi para impossibilitar o oponete, e muitos anulas;
- Nuvem Mortal: deck ramp BG onde vc “rampa” muito e resolve uma Nuvem mortal quebrando os terrenos do oponente e fazendo ele descartas, tnd uma maior jogabilidade com informantes da cozinha cumulado com Oran-Rief, se for aggro ela usa em seu main Danação, pufrificar e Pulso de Maestrom;
- NLB: deck mono blue com uma dual década com azul para explosivos fabricados, além de vários anulas;
- Hive Mind: vários aceleradores de mana vermelhos fazendo o Hive Mind jogando os Pactos da edição de Visão do futuro, passando o turno pro oponeten, ele não paga o pacto na manutenção e perde o jogo;
- Tritão: (ou 8 lods) um dos decks que na minha opinião será um dos maia fortes do ambiente, com Frasco do Éter além dos anulas presentes no ambiente;
- Tooth and Nail: usava o urza tron, aceleradores de mana, para resolver o Tooth and Nail e trazer um combo, pq um como? Pq o deck tinha 2 a 3 combos.
- elfo: ou o elfo ball ou o aggro mesmo, ambos muito forte, combam e batem muito;
- bw tokens: um deck preto e branco onde fazia muitos tokens ou com Bitterblossom e SpectralProcession, fortaleciam com GloriousAnthem e para dar um kill maior finalizava com ZealousPersecution;


Bom, espero ter esclarecido algumas dúvidas com relação a esse formato novo, espero que ele venha forte e se firme.
Obrigado a todos e até a próxima.

3 comentários:

  1. Se você não tem os blocos de urza e tempest, o bloco de mercadia é brainstorm, counterspell e dark ritual (ritual sombrio é o que falta pra essa new phyrexia para mba e mbc...), além do Sr. Porto de rishada justifica bem o mirrodin pra cima.
    As edições de criaturinhas (invasão, odisséia e investida) misturadas com lorwyn + frasco do éter ia acabar dando vida a um meio-formato tribal.
    Terrenos artefato - existe uma lista t4 de burn/sligh que usa 6 pra dar metralha.
    Jitte, clamp e top = not. :)JaceTop ia ser chato. Espada de fogo e gelo (vulgo: espada Espada) é menos boçal e mais divertida
    Goyf - joga no zoo. Legacy.
    Dual lands fajutas: vão jogar. Mas pra mim, hoje, elas são meio desengonçadas (WotC, reimprima as duais de verdade, deixa o povo feliz e pronto)

    Decks do formato:
    White weenie (sono...) (aquele do T4, com umas coisas)
    BW control
    Jace + 57 cartas (se o formato for lerdo pra isso)
    Tritão (TSB = lord of atlantis)
    Fada (sono)
    Elfo com curio e coisas
    Vesuva + landlocus + eldrazi (mono green)
    WW Quest (com vial, cranial plating, meio affinity)
    Burn (sono)
    Boros (sono, sono e sono).
    Boros com splash black (hélice de raios + blightning + terminate = sim, ou até os grixis control da vida)
    Bant (sono)
    Lista comprida...

    Esse formato tá lembrando aquele finado extended, não sei se vai dar variedade ou só mais do mesmo.

    Daí que a turma quer jogar casual, mas alguns precisam de formatos... rsrs

    ResponderExcluir
  2. Aeee Bruno ótimo artigo!

    O novo formato me parece muito interessante, completamente diferente do Extended... acho que Bob e Stoneforge + Espadas farão miséria no formato hehe

    Irei correr pra pegar as shock lands e guardar até que o formato se torne IRL

    ResponderExcluir
  3. Espero muito que de certo no MOL, pois quero jogar isso no IRL, mesmo como um teste colocarei em uma etapa do semestre que vem da Liga Arena vamos ver o que vai aparecer.

    Parabéns scarface, saiba que o espaço aqui no blog esta sempre a disposição

    ResponderExcluir